Seguro de Vida Veja o que você precisa saber para ter um seguro de vida

Você sabe como fazer seguro de vida? Muitas pessoas acabam deixando essa importantíssima questão de lado por não entenderem, de fato, como selecionar o serviço ideal de acordo com seu perfil e necessidades.

Pensando nisso, resolvemos escrever o artigo de hoje. Nele, mostraremos algumas dicas para que possa selecionar um seguro de vida 100% adequado às suas expectativas e personalizado para você. Acompanhe!

O que é e qual a importância do seguro de vida

Muitas pessoas confundem o seguro de vida com o de acidentes e isso é um erro muito comum. O primeiro, portanto, é uma cobertura que se refere ao risco de morte em que a ocorrência tenha se dado por causas naturais ou acidentais.

O seguro de vida é importante, pois ele garante certo amparo financeiro para a família do segurado caso ele venha a falecer, nos termos mencionados acima. O objetivo é amenizar a dor e garantir uma segurança financeira por certo tempo.

Como escolher o seguro de vida ideal

Agora que você entendeu o que é e qual a importância do seguro de vida, vamos mostrar como escolher o plano ideal para você. Continue lendo!

Escolher as coberturas mais adequadas ao seu perfil

O primeiro passo é conhecer bem o seu perfil. Isso significa que você precisa analisar o seu contexto familiar e optar pelo plano que cobre a maioria das suas necessidades. Assim, além do seguro de vida, é possível adicionar coberturas adicionais que não estão relacionadas ao passamento do titular.

Calcular o capital segurado

O capital segurado é o montante que será pago pela seguradora caso ocorra o sinistro. O segurado pode definir se os seus beneficiários receberão o montante da indenização de uma única vez ou em forma de um benefício mensal.

Para tanto, é fundamental saber calcular o capital segurado. Alguns especialistas recomendam que esse montante seja no mínimo três e no máximo 10 vezes o valor da sua renda anual. Outra forma de realizar o cálculo é mensurar item a item de suas despesas anuais com a sua família e reajustando o valor de acordo com a inflação.

Feito isso, basta multiplicar o valor encontrado pela quantidade de tempo que o seguro vai amparar os beneficiários.

Ler integralmente a proposta do seguro

Outro passo de extrema importância e que muitos acabam esquecendo é a leitura integral da apólice de seguro. Essa verificação tem por objetivo responder às seguintes perguntas:

  • qual é o prazo de carência da minha apólice?
  • qual a abrangência geográfica da cobertura?
  • quais são os riscos que foram excluídos?
  • contratei algum serviço específico às minhas necessidades? Onde eles estão listados?

Respondendo a todas essas perguntas você terá uma clara noção de tudo o que foi acordado e não terá nenhuma surpresa no curso do seu contrato de seguro.

Buscar seguradoras de referência no mercado

Por fim, é necessário buscar sempre as seguradoras que são referências no mercado. Não deixe que o valor das taxas e demais custos sejam o fator determinante para a seleção da sua empresa. Escolha uma que tenha referências no mercado e, de preferência, que você conheça mais pessoas que já contrataram com ela. Por fim, mais do que saber como fazer seguro de vida, é necessário conhecer bem o seu próprio perfil e contratar a empresa que mais se adapta à sua realidade e expectativas.

Gostou do artigo de hoje? Que tal saber mais sobre o assunto? Então, entre em contato conosco. Temos uma equipe especializada e pronta para atender você.